França: Violência e repressão contra os coletes amarelos

Coletes amarelos

Desde 17 de Novembro e o começo da mobilização dos coletes amarelos, foram detidas cerca de seis mil pessoas. Só em Paris, mais de metade dessas detenções terminaram com uma libertação sem provas, o que mostra a arbitrariedade com que actua o Governo.

Já foram contabilizados mais de dois mil feridos, havendo entre eles mais de cem graves. Alguns ficaram mutilados para o resto da vida, principalmente em consequência de disparos à queima-roupa com balas de borracha. Dezenas de manifestantes perderam um olho, outros uma mão… Continuar a ler

Anúncios

Brasil: A destruição do Museu Nacional, um retrato do país (1)

Image: Firefighters try to extinguish a fire at the National Museum of Brazil in Rio de Janeiro

O desaparecimento do valoroso acervo é responsabilidade da política golpista.

Na noite de 2 de Setembro, o Museu Nacional sediado no Rio de Janeiro foi destruído pelo fogo. Perdemos o 5º maior acervo do mundo, um dos acervos mais importantes do país, de valor inestimável para nós, brasileiros, e para toda a humanidade. Perdemos o fóssil humano mais antigo localizado nas Américas, Luzia, múmias indígenas e egípcias, entre outros. Continuar a ler

Às ruas contra a prisão de Lula!

lula

O Diálogo e Acção Petista (DAP) é um movimento de base do Partido do Trabalhadores (PT) do Brasil que combate para que o PT retome o caminho das suas origens. Os militantes da Corrente O Trabalho do PT participam no DAP.

Transcrevemos o Comunicado que o DAP acabou de publicar (às 13h locais do dia 6 de Abril), apelando à mobilização geral contra a tentativa de prisão de Lula, em defesa da sua candidatura à Presidência. Ler aqui.


O comunicado original, em português do Brasil, pode ser lido aqui.

Saiu o nº 133 de “O Militante Socialista”

ms_133_capa

Leia aqui o editorial de “O MILITANTE SOCIALISTA” N.º 133

Quer receber o jornal completo “O Militante Socialista” em sua casa, ou na sua caixa de correio electrónico?

Então siga os seguintes passos:

  1. Faça o download (aqui) da ficha de assinatura;
  2. Preencha directamente no seu computador a ficha de assinatura;
  3. Faça o pagamento da assinatura através de depósito bancário na conta do POUS na CGD (IBAN: PT50003506970059115343072);
  4. Envie a ficha de assinatura e o comprovativo de pagamento da assinatura para pous4@sapo.pt, ou por carta para:

“Redacção e Administração do Militante Socialista”
R. Santo António da Glória, 52 B, c/v C , 1250 – 217 Lisboa

Para qualquer esclarecimento, por favor, não hesite em entrar em contacto connosco através do endereço de correio eletrónico pous4@sapo.pt.

Mais um assassínio político no Brasil

marielle ana vibranovski2

Vigília em solidariedade com Marielle, no Largo de Camões, a 15 de Março.

Marielle Franco foi executada como “aviso” político: escolhida por ser mulher, negra e favelada. O POUS divulga uma Nota escrita por Samara Azevedo, actriz, performer multimédia, que está a frequentar um mestrado da Faculdade de Belas Artes de Lisboa e é activista do Colectivo Andorinha. (Lê aqui)