Revolução digital, inovação e super-exploração capitalista (1ª parte)

Uber_taxi.2jpg

A revista teórica da IVª Internacional, na sua edição de Março de 2017, publicou um artigo sobre este tema, da autoria de Stéphane Marati, que começa por dizer:

«Algumas pessoas começam a desesperar com este velho mundo, incapaz de oferecer um futuro e perspectivas à sua juventude e afundando-se, cada dia um pouco mais, na regressão. Felizmente para nós, o Messias chegou.

O novo salvador do capitalismo fez uma entrada estrondosa no século XXI, da qual é impossível escapar. Eis que chegou a nova “revolução digital”, tão importante, dizem, quanto a invenção da máquina a vapor ou da electricidade. A humanidade estaria nas vésperas de uma nova era. Não haveria mais necessidade de revolução social, pois o regime da propriedade privada dos meios de produção descobriu um novo Eldorado. Ponhamos de lado o velho mundo das conquistas, é preciso agora adaptarmo-nos à “nova economia”! Isto é, em substância, o que se ouve sem parar dia e noite.»

Será esta a realidade? Leia aqui a primeira parte desse artigo.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s