Um “Serviço Nacional de Saúde” feito à medida do capital financeiro?

António Arnaut e João Semedo criticam propostas do PS e do CDS

que aumentam negócio dos privados (Jornal i, 15 de Março de 2016)

 PS defende a extensão da ADSE e o governo criou uma comissão para estudar o futuro deste subsistema de saúde dos funcionários públicos. Mas António Arnaut, co-fundador do PS e ‘pai’ do Serviço Nacional de Saúde, desconfia dos objetivos políticos destas reformas e é arrasador no veredicto. “Sou contra o alargamento da ADSE. É assim que de uma forma sub-reptícia e matreira se vai privatizando a saúde”, diz ao i. (> Ler aqui <)

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s