No Brasil, o aparelho judicial desmorona-se à imagem do Regime do golpe que ele apoia

1531086391_048607_1531086556_noticia_normal_recorte1

No início de Julho, Markus Sokol, numa análise que nos enviou sobre a situação no Brasil, dizia em particular: “Caracterizámos o putsch (de 2016) como sendo um golpe de Estado judicial. Ao facto do Supremo Tribunal Federal ser um pivô do Regime, devemos acrescentar que ele próprio está atingido no seu seio pela decomposição do Regime.”

Continuar a ler

Anúncios

“Migrantes”: A Internacional será o género humano!

Transcrevemos de Informations ouvrières (Informações Operárias, semanário do Partido Operário Independente, de França) uma nota sobre a “crise dos migrantes” da autoria de Lucien Gauthier, publicada no seu nº 510, de 4 de Julho de 2018.

migrantes

“Migrantes” na fronteira servo-croata, em 2016.

Segundo as estatísticas dos organismos da ONU, haveria oficialmente 68 milhões de “migrantes” em todo o mundo, o que equivale à população da França. Mas estes números estão muito aquém da realidade. A vaga migratória é considerável. Da América Central, e agora também da América do Sul, milhões de pessoas continuam a procurar entrar nos EUA. Igualmente na Ásia, milhões de seres humanos fogem dos seus países. Centenas de milhares de “migrantes” deixam o Médio Oriente para emigrar.

Continuar a ler

Mais de 32 milhões de votos levam Obrador à presidência da República do México!

 

Obrador

Obrador: novo Presidente do México.

Nas eleições de 1 de Julho de 2018, López Obrador – com 32 milhões de votos, correspondendo a mais de 53% dos votos emitidos (1) – ganhou a presidência da República. O seu partido, Morena (Movimento de Regeneração Nacional), e a coligação de partidos que encabeça (Juntos faremos história) obtiveram a maioria nas Câmaras de deputados e de senadores. Dos 8 governos regionais em disputa vai à cabeça em 4 deles. Ganhou a eleição para o governo da capital do país (a Cidade do México) e de 3 capitais dos outros Estados.

Continuar a ler

“Decomposição” da União Europeia

EU-battle_SE-uniao-europeia-800x445

Transcrevemos de Informations ouvrières (Informações Operárias, semanário do Partido Operário Independente, de França) uma nota da autoria de Daniel Shapira, publicada no seu nº 509, de 27 de Junho de 2018, que mostra o evoluir da desagregação da União Europeia.

Continuar a ler

A Autoridade Palestiniana proíbe as manifestações de apoio a Gaza (1)

Manif_Ramallah_13_6_2018

O pessoal de segurança da Autoridade Palestiniana face a uma manifestação em Ramallah, a 13 de Junho de 2018.

A 11 de Junho, pela primeira vez desde há anos, foi organizada uma manifestação em Ramallah (Cisjordânia ocupada) para exprimir o apoio aos Palestinianos da Faixa de Gaza. Os manifestantes pediam, em particular, o fim das medidas punitivas que têm sido tomadas e o levantamento do embargo contra a população de Gaza.

Continuar a ler

Acordo para governo em Itália: bonança antes de outra tempestade?

Governo_Conte_II

Alguns dos novos ministros, liderados por Luigi Di Maio (Líder do Movimento 5 Estrelas), a caminho do Palácio do Quirinal (residência oficial do Presidente da Itália).

A 31 de Maio, após o veto do Pre­sidente italiano ao primeiro Governo apresen­tado pela nova coligação da Liga e do Movimento 5 Estrelas (M5S), 86 dias depois das eleições, foi conseguido um acordo aceite pelo presidente Mattarella.

Continuar a ler

Venezuela: O lugar dos trabalhadores na nova etapa

Ordonez

Depoimento de Raúl Ordóñez, deputado na Assembleia Constituinte e Presidente da Federação dos Trabalhadores das Hidroeléctricas

As eleições em si não resolvem nada. Se não forem tomadas medidas, a economia continuará a navegar no meio de uma tempestade incrementada e cada vez mais dura, ao menos de imediato (a me­nos que…).

Continuar a ler